Páginas

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Alice em versão virtual mostra potencial de e-books nos tablets

Alice">
Gráficos e figuras animadas e interativas são atração de Alice

A empresa Atomic Antelope mostra, ao lançar a versão virtual do clássico Alice no país das Maravilhas para o iPad, que os e-books podem ser muito mais interessantes do que se pensava. Em vez de lançar a obra de Lewis Carroll como um arquivo de texto simples, a empresa enriqueceu o formato com gráficos e figuras animadas e interativas, que se movem ao toque ou inclinação do iPad.

Ao sacudir o aparelho, pode-se fazer voarem cartas, ou caírem objetos em cima dos personagens. Os desenhos são baseados nas ilustrações originais do livro, criadas por John Tenniel em 1865.

O Alice for iPad é um ótimo exemplo do potencial criativo do aparelho como leitor de e-books, e deixa seu principal concorrente, o Kindle, muito atrás nesse quesito. As animações e interatividade não poderiam ser feitas com telas de e-paper ou e-ink, usadas na maioria dos e-readers concorrentes.

O preço do livro virtual é US$ 9 (cerca de R$ 15), mas existe uma versão "lite" gratuita para download no site da Atomic Antelope (www.atomicantelope.com/alice/).

Um vídeo com a demonstração das interações e dos belos efeitos visuais do e-book pode ser assistido no YouTube pelo atalho tinyurl.com/Alice4iPad.

0 comentários: