Páginas

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

La U derrota a LDU novamente e é campeã invicta da Sul-Americana


Com uma campanha irretocável, o Universidad de Chile conquistou de forma invicta o título da Copa Sul-Americana, ao derrotar a LDU, por 3 a 0, nesta quarta-feira, num repleto Estádio Nacional, em Santiago. La U já havia vencido o primeiro jogo, na altitude de Quito, por 1 a 0, e confirmou sua melhor técnica e saiu com a taça com gols de Vargas (duas vezes) e Lorenzetti 
O time chileno, que havia eliminado o Flamengo nas oitavas de final e o Vasco nas semifinais, chegou a 35 jogos de invencibilidade na temporada e fechou sua campanha  na competição com dez vitórias e dois empates. La U marcou ao todo 21 gols e sofreu apenas dois na Sul-Americana. Na Recopa, em 2012, o Universidad de Chile, que já estava classificado para a Libertadores do próximo ano, enfrentará o Santos, campeão da principal competição do continente neste ano.                                                        
Universidad de Chile com taça de campeão da Sul-Americana (Foto: AFP)
Em desvantagem, a LDU começou o jogo buscando logo o ataque, mas com calma e seu toque de bola envolvente, o time chileno abriu o marcador logo aos 2 minutos, com Vargas, aproveitando de canhota uma sobra da zaga adversária após cruzamento da direita de Matías Rodríguez. E quanto mais o time equatoriano tentava ir à frente, mais levava um contra-ataque perigoso. Num deles, aos 7, o goleiro Domínguez salvou a LDU duas vezes, em chutes de dentro da área de Castro e Vargas.
A verdade é que os visitantes mal conseguiam sair da defesa, a diferença técnica entre os times é grande. Somente aos 21, num chute de fora da área de Hidalgo, a LDU criou uma boa chance. A partir daí, La U diminuiu seu ritmo, começou a errar alguns passes e o jogo ficou mais pegado, com faltas duras de ambos os lados.
Mas foi só a equipe chilena voltar a se acertar que criou mais uma excelente chance, aso 37: Matías Rodríguez chutou de bico da meia-lua, Domínguez soltou e quase Mena consegue fazer o segundo. Na base da garra, o time do Equador buscou o empate nos últimos minutos do primeiro tempo, mas sem sucesso.
La U consolida título com mais dois gols no segundo tempo
canales guagua universidad do chile x ldu (Foto: Reuters)
A segunda etapa iniciou de forma menos intensa que a primeira, porém, aos 6, o Universidad de Chile teve uma ótima oportunidade para ampliar o placar, mas Canales chutou fora bela jogada de Castro pela direita, que Aránguiz deixou para ele, livre na área. A marcação adiantada do time chileno dificultava muito as saídas de bola da LDU, que conseguia alguma coisa apenas em bolas alçadas na área, mas nenhuma era concluída com perigo ao gol de Herrera.
Aos 22, as coisas se complicaram de vez para a equipe equatoriana. Numa disputa de bola perto da área da LDU, Guagua largou a bola, deu uma braçada na cabeça de Lorenzetti e foi muito bem expulso pelo árbitro brasileiro Wilson Seneme. Na cobrança de falta, Canales cobrou bem e Domínguez fez ótima defesa. Na resposta, Barcos recebeu um bom passe de Equi González, mas chutou mal à direita de Herrera.
Mesmo com um a menos, o time do Equador partiu para o ataque e os espaços que La U queria foram aparecendo com mais facilidade. Aos 28, Canales teve tudo para fazer o segundo gol, mas demorou a chutar, tentou driblar Domínguez e desperdiçou excelente chance. No entanto, o domínio da equipe da casa era total e o placar do estádio Nacional põde finalmente marcar 2 a 0, aos 34: após bela troca de passes, Vargas recebeu na área pela direita, tentou o gol, Domínguez defendeu e no rebote, Lorenzetti não desperdiçou.
Aí o jogo ficou fácil e Vargas ainda obrigou Domínguez a fazer uma bela defesa aos 37. Um minuto depois, Barcos fez boa jogada individual e quase consegue diminuir a vantagem chilena. Aos 40, o bom lateral-direito Matías Rodríguez fez falta dura em Calderón e foi expulso de campo, deixando os dois times com 10 em campo. Mas ainda cabia mais um, e Vargas, o grande nome do time chileno e da Sul-Americana, numa bela arrancada, penetrou na área e fez o terceiro. Fim de jogo e festa chilena no Estádio Nacional.
vargas universidad do chile x ldu (Foto: EFE)



 


0 comentários: