Páginas

domingo, 1 de janeiro de 2012

CET faz bloqueios na região de prédio que será implodido em SP


A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai monitorar o trânsito na região do Bom Retiro, na região central de São Paulo, neste domingo (1°) para a implosão do Edifício Moinho. O prédio teve suas estruturas comprometidas após um incêndio na Favela do Moinho no dia 22 deste mês. Desde então, a circulação dos trens da CPTM está interrompida no local.
A CET fará bloqueios das 14h às 18h na região da favela, entre a linha da CPTM e as imediações da Rua Anhaia, Rua Silva Pinto e Alameda Eduardo Prado.
Prédios localizados no raio de 500 metros do local da implosão terão de ser desocupados duas horas antes porque há risco de morte. Antes de deixar suas casas, os moradores devem se certificar-se de que deixaram os registros de gás e água fechados e redes elétricas desligadas.
Animais devem ser retirados dos imóveis e veículos, removidos das imediações. Os moradores só deverão poder voltar aos imóveis depois de meia hora.
Os técnicos da empresa especializada em explosivo passaram a manhã deste sábado (31) trabalhando. Eles percorreram o interior do prédio e as redondezas. Agentes da Defesa Civil também estiveram no local.
O edifício está desocupado há mais de 30 anos. A estrutura é antiga e, segundo a Defesa Civil, ficou comprometida depois do incêndio. Por causa do risco de desabamento, a circulação dos trens que passam por lá está interrompida.
Quem usa as linhas 7-Rubi e 8-Diamante devem ter atenção: a partir de segunda-feira, entre 4h e 5h, horário em que o Metrô ainda não está funcionando, a CPTM vai disponibilizar ônibus gratuitos nas estações Barra Funda e Júlio Prestes. Serão duas linhas – uma vai ligar a Barra Funda à Luz e a outra a estação Júlio Prestes à Barra Funda.
A Prefeitura diz que o trabalho de limpeza do entulho começa logo depois da implosão e que as linhas da CPTM devem ser liberadas para circular no trecho até terça-feira (3).
Interdições
Por indicação da Defesa Civil, a partir das 14h serão interditadas as seguintes vias:
• Rua Barão de Piracicaba, entre a Alameda Ribeiro da Silva e a Alameda Eduardo Prado.
• Alameda Eduardo Prado, entre a Alameda Barão de Piracicaba e a linha da CPTM.
• Alameda Dino Bueno, entre as alamedas Eduardo Prado e Ribeiro da Silva.
• Alameda Ribeiro da Silva, entre a Alameda Barão de Piracicaba e a linha da CPTM.
• Rua Tenente Pena, entre a linha da CPTM e a Rua Anhaia.
• Rua Anhaia, entre as ruas Tenente Pena e Júlio Conceição.
• Rua Júlio Conceição, entre Rua Anhaia e a linha da CPTM.
• Avenida Rio Branco, entre a Avenida Duque de Caxias e a Alameda Eduardo Prado (ambos os sentidos).
• Viaduto Engenheiro Orlando Murgel, toda extensão, em ambos os sentidos.
Rotas AlternativasSentido Centro:Avenida Abraão Ribeiro, Avenida Pacaembu, Rua Mário de Andrade, Avenida General Olímpio da Silveira, Avenida São João.
Sentido bairro:Largo do Paissandu, Avenida São João, Avenida General Olímpio da Silveira, Rua Mário de Andrade, Avenida Pacaembu e Avenida Abraão Ribeiro.
Transporte ColetivoOs ônibus que circulam pela Avenida Rio Branco serão desviados pelas rotas alternativas descritas acima. A CET recomenda aos motoristas que evitem circular pela região entre 14h e 18h.

0 comentários: