Páginas

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Polícia apura morte de adolescente em quarto de motel em SP


Delegado do 69º Distrito Policial apura o caso (Foto: Paulo Toledo Piza/G1)Delegado do 69º Distrito Policial apura o caso
(Foto: Paulo Toledo Piza/G1)
Uma adolescente de 14 anos morreu na manhã desta segunda-feira (30) no Hospital Estadual de Sapopemba após ser encontrada desacordada em um quarto de motel na Zona Leste de São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, frascos de lança-perfume e papelotes de cocaína encontrados no quarto indicam que ela pode ter tido uma overdose. O laudo médico ainda não foi divulgado.
Segundo o delegado Antônio José Pereira, titular do 69º Distrito Policial, em Teotônio Vilela, e responsável pelas investigações, a jovem também foi vítima de estupro. Ela estava acompanhada de um estudante  de 19 anos, que foi preso em flagrante por estupro de vulnerável. Segundo Pereira, o jovem admitiu que a garota havia usado drogas quando ele a encontrou.
Eles foram para um motel na Rua Manuel Ferreira Pires, perto da Estrada da Barreira Grande, na Zona Leste. Entraram por volta das 2h40 – a adolescente portava um documento de identidade falso indicando que era maior de idade. Pela manhã, o jovem pediu ajuda à recepção informando que a menina passava mal. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, mas quando a adolescente chegou ao Hospital do Sapopemba, já havia morrido em razão de uma parada cardiorrespiratória.
Os médicos encontraram marcas de mordidas no queixo e na barriga. De acordo com o delegado, o jovem disse que deu as mordidas para reanimar a jovem. Exames vão confirmar se a garota sofreu algum outro tipo de violência.
O jovem só foi localizado pela polícia momentos depois, já fora do motel. No momento da prisão, ele levava uma trouxinha de maconha no bolso. Nesta terça-feira (31), ele deverá ser transferido para um presídio com cela especial. Isso porque, segundo o delegado, por ser suspeito de estupro corre perigo em uma cela convencional

0 comentários: