Páginas

domingo, 29 de julho de 2012

Desenvolvedor do Bitcoin fala sobre a moeda digital que dispensa taxas


Amir Taaki, desenvolvedor e co-fundador do projeto Bitcoin fez uma palestra nesta sexta-feira (27) no Fisl para falar sobre a importância da moeda digital, e como ela pode fazer a diferença na vida das pessoas. O Bitcoin pode ser trocado por bens e serviços, e também ser convertida em dinheiro real, e seu grande diferencial é que que não existem intermediários ou taxas, a moeda virtual é enviada diretamente de pessoa para pessoa usando o sistema P2P, de forma totalmente descentralizada.
Amir Taaki do Bitcoin no palco do FISL (Foto: Nick Ellis)Amir Taaki do Bitcoin no palco do Fisl (Foto: Nick Ellis)
“O Bitcoin está hoje no mesmo ponto do software livre, 30 anos atrás. Ele tem o potencial de trazer uma grande revolução”, disse Taaki. “Outro aspecto do Bitcoin é que ele tem um módulo de privacidade que funciona muito bem, e estamos trabalhando para melhorar isto ainda mais”, completou. Fazendo uma demonstração prática do Bitcoin, Taaki enviou US$ 10 para o Japão sem a necessidade de bancos, taxas e etc. “Se eu fosse fazer uma transferência de US$ 2.000, eu teria que pagar US$ 400 de taxas, só para uma operadora digitar alguns números. Isto está fazendo todos ficarem mais pobres”, explicou Taaki.
Ao contrário das moedas tradicionais, os Bitcoins são gerados por um processo chamado mineração. Você disponibiliza o poder de processamento do seu computador para ajudar nas transferências e outras operações, e quando uma nova leva de Bitcoins fica "pronta", ela é distribuída entre os usuários, de acordo com a probabilidade de quem contribuiu mais no processo com a capacidade de processamento de seu computador.
Citando o caso de Phil Zimmermann, que criou o PGP (Pretty Good Privacy ) em 1990, quando a criptografia era usada apenas por agências de informação de governos. Em 1993, ele foi processado pelo governo dos Estados Unidos, sendo acusado como um facilitador de tarefas ilegais como a venda de armas e segredos de estado. A investigação foi fechada, e hoje em dia todos usam criptografia para proteger seus dados.
Amir Taaki (Foto: Nick Ellis)Amir Taaki, no palco da Fisl13 (Foto: Nick Ellis)
Da mesma forma, o Bitcoin tem enfrentado uma grande resistência com os políticos nos Estados Unidos e em outros países. Amir Taaki mostrou um vídeo do senador americano acusando o Bitcoin de lavagem de dinheiro, e de financiar o tráfico de drogas. Taaki garantiu que os fundadores do Bitcoin não serão intimidados: “O Bitcoin não é um sistema de pagamentos, e sim um grande sistema de contratos. Com o Bitcoin, podemos ter bens públicos sem a necessidade de dinheiro de governos, podemos investir em hospitais ou obras, sem dar dinheiro para guerras e etc”.
“O Bitcoin um salto quântico para o sistema financeiro, uma tecnologia pode mudar a nossa vida para melhor”, concluiu Taaki.

0 comentários: