Páginas

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Artista usa tatuagem digital e transforma bebês em outdoors

O artista Dietrich Wegner aplicou as tatuagens nos bebês usando softwares de edição de imagens. Foto: Grosby
O artista Dietrich Wegner aplicou as tatuagens nos bebês usando softwares de edição de imagens

Dietrich Wegnerr, um artista australiano de 34 anos, expõe em seu site uma série de fotos de bebês com 'tatuagens digitais' de marcas conhecidas. A partir de um estudo que diz que as crianças são "bombardeadas" com 40 mil anúncios por ano, e as empresas procuram cada vez mais deixar suas marcas nos jovens, Wegner quis realçar o uso abusivo das marcas. Para isso aplicou, com um software de edição de imagens, tatuagens de empresas como Lego, Gap, Sony e Apple, entre outras, nos bebês, transformando-os em 'outdoors rastejantes minúsculos'.
Ao criar este 'atrito' o artista, atualmente baseado na Pensilvânia (EUA), diz que as imagens se tornam "uma meditação sobre como nossas identidades evoluem e como nós as declaramos". No site, afirma que gosta de criar imagens que sejam "seguras mas inquietantes, abjetas e bonitas".
As fotos dos bebês são parte de uma séria intitulada "Marca cumulus", que trata de crianças, suas identidades e como elas mudam ao longo do tempo. Mais fotos dos "bebês tatuados" podem ser vistas no site do artista Dietrich Wegner, onde se encontram ainda outros trabalhos do australiano, seu currículo e indicações de contato.

0 comentários: