Páginas

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Por 147 a 0, Rússia aprova lei que dá ao governo poder de censurar a Internet


A câmara alta do parlamento russo decidiu, por 147 votos a zero, aprovar o projeto de lei que dá ao governo o direito de tirar do ar sites da Internet que sejam considerados prejudiciais para as crianças. O projeto de lei proíbe pornografia infantil e conteúdos relacionados a drogas ou suicídio.
Governo russo aprova lei de censura na Internet (Foto: Reprodução)Governo russo aprova lei de censura na Internet (Foto: Reprodução)
Esse mesmo projeto de lei já havia passado pela câmara baixa do parlamento, onde também foi aprovado. Em tese, dá ao governo o direito soberano de censurar os conteúdos da rede.
Recentemente o presidente da FCC, equivalente à Anatel nos Estados Unidos, considerou o projeto de lei como “problemático e perigoso”. Também nos EUA já apareceram leis como aSOPA e a PIPA que poderiam limitar a divulgação de conteúdo na Internet, mas ambas foram rejeitados pelo congresso norte-americano.
Alguns sites grandes da Rússia, como o buscador Yandex e a Wikipedia em russo, fizeram forte oposição ao projeto de lei. Com isso, conseguiram modificar a redação original do projeto que falava em censurar “informações prejudiciais”, sem trazer especificações.
Via The Verge

0 comentários: