Páginas

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Irã cria rede exclusiva de acesso à Internet


Em busca de uma “Internet limpa”, o Irã anunciou a criação de uma rede exclusiva de acesso à web para seus habitantes, que irá ao ar em setembro deste ano. De acordo com o projeto, todos os ministérios e órgãos estatais ficarão fora da Internet convencional, migrando para uma espécie de intranet iraniana.
Internet está em xeque no Irã (Foto: Reprodução)Internet convencional dá lugar a uma espécie de intranet no Irã (Foto: Reprodução)
Segundo o jornal “The Telegraph”, os ataques de vírus supostamente controlados por países que têm diferenças políticas com o Irã são os principais motivadores para esta decisão. Diversos malwares atacaram computadores do país nos últimos meses, como Stuxnet e Flame, por exemplo. Em um evento organizado pela Amir Kabir University, Reza Taghipour, ministro de telecomunicações do país, confirmou a ação. “O estabelecimento de uma rede inteligente nacional vai criar uma situação onde os preciosos bens do Irã não vão mais ser acessados por poderes com intenções malignas”, afirmou.
O processo para desconectar o país da Internet já começou e terá fim até dezembro de 2013. Segundo o ministro, este é um processo para remover o país de um meio “controlado por um ou dois países” e que, segundo ele, "não são nem um pouco confiáveis”.
Via Wired

0 comentários: