Páginas

terça-feira, 26 de abril de 2016

Após mais de 10 anos, Microsoft acaba oficialmente com o Xbox 360


O Xbox 360 morreu, vida longa ao Xbox 360.

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira, 20/4, que acabou com a produção do seu console da geração passada, lançado há mais de 10 anos, em novembro de 2005.

Por meio de um post no seu blog, a empresa destaca que simplesmente decidiu focar sua produção no sucessor do 360, o Xbox One. “O Xbox 360 singifica muito para todos na Microsoft. E, apesar de termos tido uma jornada incrível, a realidade de fabricar um produto com mais de uma década está começando a nos assombrar. E é por isso que tomamos a decisão de parar de fabricar novos consoles Xbox 360. Vamos continuar vendendo o inventário existente atual do Xbox 360, com a disponibilidade variando de país para país”, afirmou o diretor de Xbox na Microsoft, Phil Spencer.

A decisão não é totalmente inesperada, uma vez que a Microsoft tinha afirmado em 2013 que o Xbox 360 deveria durar até 2016.

Por que isso importa

Normalmente o fim de um console adorado causa muita tristeza e reclamações. E o Xbox 360 dominou o mundo dos games por uma geração. Mas a Microsoft conseguiu suavizar o golpe no ano passado quando adicionou a compatibilidade reversa do Xbox 360 com o mais recente Xbox One, permitindo que os usuários continuem rodando seus discos de jogos do Xbox 360 no console mais novo.

No total, os gamers gastaram nada menos do que 78 bilhões de horas jogando no console e outras 25 bilhões de horas usando aplicativos como o Netflix.

Com o fim oficial do Xbox 360, o foco da Microsoft agora vai se voltar ao Xbox One e sua integração com o Windows 10. Spencer prometeu mais novidades sobre o assunto nas próximas semanas e meses.

0 comentários: