Páginas

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Intel anuncia demissão de 12 mil funcionários ao redor do mundo




A Intel irá demitir 12 mil funcionários ao redor do mundo em um processo de reestruturação de suas operações. O movimento tenta ajustar os negócios frente a um mercado de PCs estacionados e busca por capturar oportunidades nas frentes de Internet das Coisas e servidores e computação em nuvem.

Os cortes correspondem a 11% da força de trabalho da fabricante de chips.Atualmente, a companhia possui cerca de 104,8 mil funcionários espalhados por 72 países.

O plano considera, ainda, consolidação de espaços físicos. A expectativa é que as medidas ajudem a empresa a economizar US$ 750 milhões ainda esse ano.
A companhia enfrenta o desafio de um mercado de computadores pessoais que cresce menos que outras frentes de negócio. Na outra ponta, perdeu o bonde e não consegue relevância no segmento de dispositivos móveis.

A Intel pretende dar foco aos negócios em expansão e emergentes. Justamente por isso, vislumbra potencial nas frentes de servidores, por exemplo, um setor que foi responsável pela maior parte de seus lucros recentes.

Outro mercado-alvo é o de chips para aplicações de IoT. Recentemente, a empresa desembolsou US$ 16,7 bilhões pela Altera, que endereça justamente essa ambição.

Os cortes foram anunciados no mesmo dia que a fabricante divulgou os resultados do primeiro trimestre de 2016. No período, reportou lucros de US$ 2 bilhões e crescimento de 3% frente ao mesmo período do ano passado. A receita foi de US$ 13,7 bilhões, expansão de 7% frente ao desempenho do mesmo trimestre de 2015.

0 comentários: