Páginas

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Número de usuários do Pinterest já é maior fora dos EUA

 

O Pinterest passou boa parte do ano de 2015  coletando dados sobre que tipo de conteúdo funciona melhor fora dos Estados Unidos. Deu certo. O serviço anunciou nesta quinta-feira que pouco mais da metade (55%) de seus mais de 100 milhões de usuários são residentes em outros países.

Pensando nesses mercados, o Pinterest lança hoje uma nova seção, reunindo referências e inspirações do Reino Unido, França, Alemanha, Japão e Brasil. Por enquanto, a novidade é exclusividade da versão Web e do app do Pinterest para a plataforma Android. Basta tocar no ícone de “Busca” na parte inferior da tela do dispositivo móvel, ou clicar em “Destaques” na versão Web para acessar o menu de categorias. Em breve, a novidade estará disponível também para a plataforma iOS.

Tornar-se uma empresa global é o principal desafio do Pinterest desde a transição do desktop para o mobile em 2012. Atualmente, dois terços das novas inscrições na plataforma são de fora dos Estados Unidos. No ano passado, o número de usuários dobrou em países como Brasil, França e Japão.

Focado em fornecer uma experiência rápida, clean e personalizada e conectar os mais de 100 milhões de usuários no mundo a 75 bilhões de ideias, independentemente da localização, língua ou dispositivo, o Pinterest também lançou recentemente uma versão completamente renovada do seu aplicativo para iOS.

O grande desafio agora passa a ser rentabilizar o serviço. Há três semanas, a empresa começou a vender publicidade no Reino Unidos, primeiro mercado fora dos Estados Unidos a testar o modelo de segmentação e novos formatos em todas as categorias, como alimentos, moda, arte e bens de consumo.

Outro desafio importante é conquistar a audiência masculina. As mulheres ainda são maioria na rede (70%), com predominância (45%) na faixa etária dos 25 aos 54 anos.

0 comentários: