Páginas

sábado, 30 de abril de 2016

Tizen 3.0, da Samsung, chega em setembro para competir com iOS e Android


Muitos sistemas mobile alternativos como o Firefox caíram para fora do mercado enquanto o Android e o iOS continuam dominando o segmento. Mas o Tizen, da Samsung, sobreviveu.

Após anos de inatividade, o Tizen agora está volta ao mapa com um grande upgrade de sistema. Uma nova versão do SO – chamada de Tizen 3.0 – foi anunciada nesta semana durante o evento Samsung Developers Conference, em San Francisco, nos EUA.

O Tizen 3.0 é um grande upgrade tecnolgóico que tornar a plataforma compatível com alguns dos mais novos smartphones e tablets. Outras melhorias deixam o sistema pronto para ser instalado em wearables, sistemas de entretenimentos de carros, drones, TVs, e headsets de realidade virtual.

O Tizen 3.0 será um sistema operacional 64-bit capaz, assim como os rivais iOS e Android. A plataforma vai funcionar em aparelhos com alguns dos processadores 64-bit ARM e x86 mais recentes.

Uma versão beta do Tizen 3.0 pode chegar em julho, com o lançamento da versão final planejada para setembro. Os aparelhos com o sistema chegarão depois, mas a Samsung não soube especificar uma data de lançamento.

O Tizen 3.0 vai funcionar com telas 4K e poderá ser uma boa plataforma para games com o seu suporte para APIs Vulkan. A engine gráfica do Tizen 3.0 é 30% mais rápida do que a presente na versão anterior Tizen 2.4.

O Tizen foi anunciado em 2012 como um sistema mobile, mas foi considerado um fracasso no mercado – dois aparelhos com o antigo Tizen 2.4 foram lançados na Índia.

A Samsung está usando o Tizen em Smart TVs e wearables como o Gear S2. O Tizen 3.0 será “pronto para IoT” e poderá ser usado em geladeiras inteligentes, lâmpadas, máquinas de lavar e até mesmo aspiradores.

O Tizen 3.0 é parecido com o Windows 10, uma vez que um desenvolvedor pode escrever aplicativos que podem funcionar com aparelhos de telas grandes e pequenas. O sistema é baseado no kernel LTS do Linux, o que o torna estável.

Melhorias importantes do Tizen 3.0 incluem suporte ao Bluetooth 4.2, essencial para a comunicação entre aparelhos de IoT. O novo Tizen também é mais seguro do que a versão anterior.

0 comentários: